Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

"Os resultados de hoje representam um passado melhor do que um futuro melhor"

A afirmação é da economista-chefe do banco Credit Suisse, Solange Srour; segundo ela, indicadores econômicos recentes surpreenderam negativamente
“Os resultados de hoje representam um passado melhor do que um futuro melhor”
Foto: Divulgação

Solange Srour (foto), economista-chefe do Credit Suisse, afirmou em relatório enviado aos clientes que a queda de 0,1% do PIB do terceiro trimestre representa “um passado melhor do que um futuro melhor”.

Mesmo com a queda do PIB, Solange disse que os dados mostram uma composição do crescimento melhor do que o esperado, com taxas maiores para o consumo das famílias e para os investimentos, e menor consumo do governo.

“Apesar disso, os resultados de hoje representam um passado melhor do que um futuro melhor, em nossa opinião”, afirmou.

Solange afirmou que o ambiente econômico para o quarto trimestre e para 2022 continuam piorando, com a inflação em alta e outros indicadores recentes surpreendendo negativamente.

A economista espera um crescimento de 4,8% em 2021. Para o próximo ano, ela estimou uma recessão de 0,5%, mas a queda do PIB pode ser maior, diante da inflação alta e dos juros elevados.

“As expectativas de inflação para 2021, 2022, 2023 e 2024 aumentaram, descolando-se da meta, enquanto o cenário global para a inflação também se tornou mais desafiador. Ambos aumentam a probabilidade de um ciclo de aperto monetário mais forte no Brasil”, disse.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....