Pague quando quiser

O Ministério dos Transportes confirmou que aceitou o pedido da RioGaleão e concedeu mais quatro meses para a concessionária do aeroporto pagar o que deve — a parcela de outorga, no valor de um bilhão de reais, venceu em maio.

A Odebrecht integra a concessionária.

Faça o primeiro comentário