Para o ano ser bom

No primeiro editorial de 2017, o Valor Econômico afirma que o ano será bom se a mais longa das recessões terminar.

Leiam este trecho, por favor:

“A continuidade do governo está ameaçada de morte pelas investigações de corrupção, enquanto que ele (Michel Temer) conseguiu arregimentar uma base de apoio político que até agora lhe permitiu no front econômico tomar medidas ousadas para um governo interino e impopular. A aprovação da PEC dos gastos abre um horizonte, ainda que longo, para estancar a grave crise fiscal do Estado, e a reforma da Previdência, se aprovada em seu núcleo, ajudará a conter os gastos e desarmar uma bomba nos orçamentos públicos.”

O ano será bom se a mais longa das recessões terminar e se nada nem ninguém estancarem a Lava Jato.

Faça o primeiro comentário