Plantando déficit

A economia vai chegar quebrada em 2019.

Leia o comentário de Zeina Latif, no Estadão:

“O governo desistiu da reforma da Previdência, a reforma essencial. Faltou apoio político e sobrou oportunismo. Supostamente tentarão de novo em 2018. Difícil acreditar no sucesso (…).

Aquilo que deveria ser responsabilidade compartilhada de todos, no caso reformas estruturais para reduzir o risco fiscal e promover o crescimento, acabou sendo oportunidade para a pressão de grupos de interesse em busca de vantagens.

As medidas tramitando no Congresso neste final de ano vêm desenterrando fantasmas: políticas públicas que lembram o período da presidente Dilma Rousseff. Novamente, bancadas setoriais e estaduais vêm conseguindo vitórias que aumentam o risco fiscal e geram distorções no sistema produtivo. É uma lista sem fim.”

A economista citou, em particular, as regalias que Michel Temer concedeu à bancada ruralista:

“Segundo a Instituição Fiscal Independente, 2% do Orçamento federal é direcionado para o setor produtivo, o que equivale a 0,5% do PIB, sendo que a agricultura consumiu 78% desses recursos em 2016. Há também renúncias tributárias, totalizando 2,2% do PIB, sendo que 18% vão para a agricultura. Isso em um contexto da mais baixa carga tributária dentre todos os setores: 6,3% na agropecuária contra o outro extremo de 47,4% na indústria, segundo a Firjan.”

Temas relacionados:

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

200

  1. E os incentivos de UM TRILHÃO DE REAIS dados as petroleiras que arremataram alguns campos de petróleo? Como pode querer mais sacrifícios dos pobres? E as ‘emendas’ liberadas aos parlamentares para votar a favor da aprovação da reforma da Previdência? Modelo político está totalmente FALIDO.

Ler mais 37 comentários
  1. E os incentivos de UM TRILHÃO DE REAIS dados as petroleiras que arremataram alguns campos de petróleo? Como pode querer mais sacrifícios dos pobres? E as ‘emendas’ liberadas aos parlamentares para votar a favor da aprovação da reforma da Previdência? Modelo político está totalmente FALIDO.

  2. Aqui se aposenta com menos de 50 anos e as pessoas acham normal. As famílias hoje tem menos filhos, se vive mais e os “inteligentes” acham que a ideia de Previdencia como era nos anos 50 ainda é válida. É difícil discutir com parede…

    1. As reformas até que estavam caminhando e havia esperança para a da previdência.
      Até o janot decidir “armar” pra derrubar o temer.

  3. “O governo desistiu da reforma da Previdência”, Antagonistas? O que duizer, então daqueles postzinhos vagabundos como “Enquanto isso, Temer janta” e “Temer solta 500 milhões para aprovar a reforma”? E no que toca ao seu atraso de mais de seis meses, a culpa é daquela maracutaia derrotada, exposta e cada vez mais desmoralizada de vocês – lembram dos postzinhos vagabundos sobre a reforma como como “Devagarinho, devagarinho”, “Virou piada”, só de raiva por terem dado aquele vexameo. Mas é claro que vocês jamais admitirão isto, já que a falta de vergonha na cara nesta joça só é superada pela urucubaca mortal que os assola e que vai fazer com que a reforma da Previdência seja aprovada

  4. Não deveria nem existir previdência.
    Trabalhador não vai conseguir parar se trabalhar mesmo.
    Tudo isso é choro pra manter privilégio de servidor.
    F ODA SE O SERVIDOR
    Salario e aposentadoria do setor publico são a MAIOR despesa da União e olhe ao seu redor…
    Tem ALGUM serviço publico no país q preste ou funcione?
    Muito caro por LIXO.
    F ODA SE O SERVIÇO PUBLICO

  5. CONTEÚDO DIVERSIONISTA DESSA ECONOMISTA – ALIÁS, COMO SÓI ACONTECE ENTRE OSas) COLUNISTAS dos JORNALÕES e COMENTARISTAS de TELEVISÕES -,
    RE-DIRECIONANDO a RESPONSABILIDADE PARA O SETOR PRIMÁRIO ENQÜANTO, o ATRASO – MESMO !!!- VÊM DO FUNCIONALISMO PÚBLICO e SEUS PRIVILÉGIOS INANTINGÍVEIS…É DE ONDE VEM O ATRASO ANCESTRAL DO PAÍS.

  6. Quanto o antagonista está recebendo de verba Oficial para fazer propaganda da reforma da previdência? Até agora não vi nenhum post sobre a falácia do deficit.
    Eia ANTAS…..
    Bolsonaro 2018

    1. BOA PERGUNTA. E ainda CENSURAM os argumentos CONTRA A REFORMA. É essa a DEMOCRACIA desses CENSURADORES COVARDES?

  7. Zeina faz o seguinte, pega essa Pajero importada q vc deve andar e vá ate o Centro oeste e volta. Encare a condição das estradas, encare a condição dos custos, vamos ver se mantem a opinião sobre agricultura sub taxada. Q absurdo.

  8. Sabe de onde vem a comida que vc ingere Sra Zeina?
    Da agricultura.
    Seja justa e lembre se q a agricultura é quem segura as pontas desse país, mesmo escorchada como é. Mesmo com os maiores custos produtivos do mundo, diesel caro, insumos, maquinas e implementos astronômicos. Mesmo com a pior infra estrutura do mundo. Mesmo sem subsidios, e seguro produção como o resto do mundo, a AGROPECUARIA vem pagando a conta do Brasil faz tempo Zeina. Gerando emprego e renda no INTERIOR do país e não desempregados nas favelas. Trazendo divisas eqPrab vc vir aqui falar em taxar a única atividade q ainda respira no país. Parabéns pela originalidade.
    Se a reforma não sai, não é por culpa do agricultor.
    É por causa dos PORCOS que governam o país e da subserviência do povo que aceita ser governado por eles.

    1. Essa senhora era uma voz muito interessante, quando se discutia economia em programas de TV. De uns tempos para cá, decaiu.Chegou a dizer, num Roda Viva, que teria sido melhor fechar os olhos para a corrupção do maldito Temer, para permitir a aprovação da “reforma” da Previdência. E, mais, morre de inveja de Monica De Bolle.

  9. Estadão, Folha, O Globo, Veja, Época, IstoÉ, Banco Mundial…
    Foram todos cooptados por Temer para ferrar o pobre trabalhador brasileiro.
    .
    Mas todos eles estão errados. Só os servidores privilegiados daqui sabem o que é melhor para o povo sofrido. O fato de esses servidores serem os maiores beneficiados com a manutenção do sistema é só um detalhe.

  10. Tome-se o comportamento nada dignificante do ex-presidente Lula, para quem a Previdência não passa de “porcaria”, como disse. Tal padrão de irresponsabilidade está vingando nas rodas de políticos.
    .
    Prevaricam com o futuro do País. Os recursos destinados a áreas vitais como educação e saúde estão por um fio por conta da necessidade de se manter as aposentadorias em dia. Logo nem esse esforço será suficiente. Não passa pela cabeça de mais ninguém com um pingo de juízo a ideia de que a reforma da Previdência possa ser adiada.
    .
    Politicagem criminosa não cabe mais no assunto Previdência. Não está mais em jogo ser contra ou a favor do governo. O tema vai além de uma agenda ideológica. A operação segue para a inviabilidade caso as mudanças não ocorram. A conta definitivamente não fecha.

  11. Se a Previdência continuar a ocupar mais espaço no orçamento público, sacrificará outras áreas (a Previdência brasileira é muito mais custosa, em relação ao orçamento público e ao PIB, que a de países com perfil demográfico semelhante).
    .
    Os principais cortes deverão atingir investimentos, como em infraestrutura, e áreas com mais verba, como saúde e educação. Quem depende mais de serviços públicos sofrerá mais. “Voltará ao debate o fantasma do shutdown (paralisação) da máquina pública”, diz Nelson Marconi, professor da FGV.
    .
    O país pode sofrer o que já enfrentam estados superendividados, como Rio de Janeiro e Rio Grande do Sul: colapso da segurança pública, não pagamento de terceirizados em instituições de ensino superior e parcelamento de salários de funcionários públicos.

    1. Eles destruíram Tudo! 1 hora atrás
      QUEBROU A PREVIDÊNCIA
      A ADOÇÃO DO Plano Brasil Maior, com substituição da contribuição
      patronal incidente sobre a folha de pagamentos por alíquotas incidentes sobre
      o faturamento. A redução no valor da arrecadação previdenciária é de 49,2% para
      os segmentos econômicos incluídos no art. 7º. Para os abrangidos pelo art. 8º da Lei
      nº 12.546/2011 é de 37,7% (Tabela 22). Os valores dessas renúncias foram, respectivamente,de R$ 4,48 bilhões e de R$ 10,09 bilhões, totalizando R$ 14,57 bilhões, a preços de 2011.
      CONCLUSÃO: ENQUANTO INDÚSTRIA E BANCOS GANHAVAM COM O GOVERNO PT, TUDO BEM!

  12. Circulam pelo país vídeos, memes, panfletos e afins listando pretensos argumentos segundo os quais não existe déficit previdenciário no Brasil. É o típico desserviço à opinião pública. Uma modalidade de notícia falsa, que se tornou comum chamar de fake news.
    .
    Dizem que bastaria rever isenções ou cobrar devedores para liquidar o rombo previdenciário. Se não for má-fé, é ilusão. Mesmo que isso fosse possível (muitos dos devedores são empresas falidas), as eventuais cobranças cobririam uma fração do déficit. O desequilíbrio estrutural seguiria intacto.

  13. Faz sentido dar prioridade à agricultura. É o que sustenta o país, junto com o minério de ferro.
    A indústria no Brasil não existe mais: mudou-se para a China. O comércio mudou-se para a internet.

  14. .
    Por que estes vagabundos não contam a verdade?
    .
    Aquela esrovenga não é reforma porcaria nenhuma, é ESCRAVIDÃO DA POPULAÇÃO.
    .
    Aposentadoria acima de 65 anos é uma canalhice, poucos homens sobrevivem acima desta idade.
    .

  15. Novamente repito, qualquer um que venha assumir a presidência da república, se não tiver uma maioria absoluta de seu partido, continuaremos pisando no mesmo lugar, é preciso renovar sim, mas precisamos renovar conscientemente, para que o próximo congresso, venha a ajudar o país, apoiando a LJ, aprovando leis contra a corrupção e reduzindo os privilégios em todos os poderes.

  16. Papo furadíssimo que o país vai chegar quebrado em 2019 por conta dessa reforma esdrúxula não ser aprovada. Façam um planejamento de cobrança da dívida bilionária de poderosas empresas com o INSS. Planejem uma reforma previdenciária justa com os trabalhadores da iniciativa privada. Promovam uma reforma tributária decente. E, principalmente, DEIXEM DE ROUBAR.

  17. A DESONESTIDADE intelectual viceja quando postam matéria panfletária escrita por diretora de instituição financeira (no caso economista-chefe da XP Investimentos, da qual o Itaú detém 49,9%) como se fosse matéria técnica e imparcial de alguém preocupado com o Brasil.

    1. “Matéria técnica e imparcial” é só aquela que você concorda?
      Em vez de xingar, que tal apresentar algum argumento (se é que você sabe o que é isso) ?

  18. E trabalhador rural, tadinho, não pode pagar contribuição previdenciária.
    E o MST ainda faz greve de fome!
    O Brasil é um país patético, o povo é sofrível, só pensa em samba, praia e futebol e os políticos e grupos de interesses são as piores pessoas do Planeta, gente da pior espécie, desprovidos de um mínimo de caráter, moral e de decência.
    O Brasil é uma bomba prestes a explodir a qualquer momento. Sinto em dizer, mas acho que dessa vez o Plano Real vai para o vinagre. Finalmente o Lula e o PT, com ajuda do PMDB, PDT, PP, PCdoB, PSOL… e até gente do PSDB e DEM conseguiram enterrar de vez a nossa economia.
    Se o povo fosse minimamente mais maduro e culto, fuzilava essa gente em praça pública. O povo não sabe a dureza que lhes aguarda.

  19. PT parte para o fake news contra a reforma da Previdência
    Postagens no Twitter distorcem informações e inventam outras
    .
    O PT passou a disseminar informações falsas sobre a reforma da Previdência, no clássico esquema “fake news“.
    O perfil do partido no Twitter começou a espalhar que, caso a proposta passe, o sujeito precisará trabalhar dos 16 aos 65 anos para se aposentar.
    Na mesma leva de twites, o partido alardeia que a reforma acabará com o Benefício de Prestação Continuada, o BPC. Mentira.