Presidente do conselho de administração do BB sai atirando

Presidente do conselho de administração do BB sai atirando
Foto: Banco do Brasil/Divulgação

Insatisfeito com a saída de André Brandão do comando do Banco do Brasil, o presidente do conselho de administração, Hélio Magalhães, entregou hoje sua carta de renúncia. Disse que deixou o cargo por causa do “reiterado descaso” do governo com o banco.

“[Comunico minha renúncia] em razão do reiterado descaso com que o acionista majoritário vem tratando não apenas esta prestigiada instituição, mas também outras importantes estatais de capital aberto e de seus principais administradores”, afirma Magalhães na carta.

Em outro trecho, criticou as tentativas de desrespeito à governança corporativa, numa referência às interferências na execução do plano de reestruturação do banco, que inclui o fechamento de agências.

Foi esse o principal motivo para a saída de Brandão. Além de Magalhães, decidiu deixar o BB José Monforte, conselheiro independente e bem visto pelo mercado.

Como mostrou mais cedo O Antagonista, integrantes do conselho criticaram a escolha de Fausto de Andrade Ribeiro para o cargo de presidente. O executivo, que dirigia a área de consórcios do banco, foi indicado por Jair Bolsonaro.

Leia mais: Assine a Crusoé e apoie a o jornalismo independente.
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO