Presidente dos Correios: “O tempo joga contra nós”

Em conversa com O Antagonista, Guilherme Campos, presidente dos Correios, corroborou a análise de Gilberto Kassab sobre a situação financeira da estatal:

“Ou a empresa faz ações duras, antipáticas e necessárias para a sua recuperação ou os defensores de sua privatização vencerão.”

E mais:

“O tempo joga contra nós. O nosso plano de saúde está matando a empresa.”

Outras coisas ajudaram a matar a empresa. O presidente sabe.

Faça o primeiro comentário