“Previdência dos militares é uma bomba”

O Globo informa que os militares respondem por quase metade do déficit da previdência da União, embora representem um terço dos servidores.

EM 2015, o déficit dos militares era de R$ 32,5 bilhões, ou 44,8% do rombo de R$ 72,5 bilhões, enquanto o déficit dos civis era de R$ 40 bilhões.

“Os militares se aposentam pelo salário final e, em alguns casos, ainda ganham uma patente quando vão para a reserva. Com isso, o inativo militar ganha muito mais do que aquele na ativa. Isso torna a previdência dos militares uma bomba”, diz Leonardo Rolim, ex-secretário da previdência e consultor de Orçamento da Câmara.