Previdência em um minuto

Telegram

Hoje à noite o governo vai exibir na televisão uma propaganda de um minuto tentando emplacar a ideia da meia reforma da Previdência, embora o novo texto não tenha sido divulgado.

Já chegaram ao Planalto notícias — que partiram dos próprios líderes — de que, mesmo com as mudanças mínimas agora propostas no sistema, a chance de aprovação da PEC ainda é muito baixa.

Leia mais aqui:

Previdência: novo texto da meia reforma não sairá hoje

Previdência: a verdade sobre o imbróglio da meia reforma

Comentários

  • Adalberto -

    A torcida de vocês contra a reforma da Previdência mostra o desespero completo de quem apostou todas as fichas em que algo não iria ocorrer, cantou de galo por antecipação, viu que se deu mal e agora tem que pedir milagre para livrar a cara de mais um vexame - vexame este que, claro e inexoravelmente, vocês irão dar.

  • Paulo -

    O que o governo tem que entender é que O PRESIDENTE TEMER tem um excelente plano de saúde, as melhores condições de vida e acesso aos recurso mais modernos de qualidade vida o que não acontece com a população sofrida do Brasil.

  • Patriota -

    A Reforma deve começar com os Parlamentares reduzindo cargos comissionados e os benefícios que recebem referente ao cargo. O exemplo deve começar de cima, pois o dinheiro público provêm do povo, através dos impostos. Portanto, os Políticos são funcionários do Povo e não exercem Cargos Efetivos conforme o art 37 ao 41, da Constituição Federal, estes concursados, tendo estabilidade após 3 anos de efetivo serviço e com direito a aposentadoria. Essa Reforma não é benéfica, se caso fosse, não ficariam de fora os Políticos e Militares.

Ler 15 comentários