Previdência: a verdade sobre o imbróglio da meia reforma

Telegram

O Antagonista soube que, oficialmente, o adiamento da divulgação do novo texto da meia reforma da Previdência é porque ainda não há consenso em relação ao acúmulo de pensão e aposentadoria, por exemplo.

Mas, na verdade, o que está em jogo mesmo é o fisiologismo de sempre, com deputados sedentos por mais emendas do Planalto e, agora, por lugares nobres na Esplanada em meio à prometida reforma ministerial.

Caso se sintam devidamente atendidos, os deputados que alegam ter “medo” de votar “uma proposta impopular” às vésperas das eleições 2018 ficarão corajosos rapidinho.

Leia mais aqui:

Previdência: novo texto da meia reforma não sairá hoje

 

Comentários

  • -

    Falou a mãe Dinah!

  • Cicero -

    Desse jeito vai dar pra tapar o "rombo(?)" da Previdência com essa compra de votos!

  • Adalberto -

    Perdão, Antagonistas, mas hoje mesmo vocês afirmaram que o problema com a aprovação da reforma da Previdência estava com o Senado - inclusive dizendo que os senadores do PMDB já haviam feito acordo com Lula - que iria barrar o que a Câmara aprovasse. Mas agora vocês vêm e dizem que o problema está na Câmara. Como é que é? É na Câmara? É No Senado? É em ambos? Ou não é em lugar nenhum e toda esta torcida contra é pura birra por Temer ter ganho e a reforma contiunuar viva, por mais que vocês tivessm dito que ela estava morta? Decidam-se, por favor, porque isto já ultrapassou os limites do ridículo...

Ler 13 comentários