Privatização do Banco do Brasil é 'inevitável', diz presidente

O presidente do Banco do Brasil, Rubem Novaes, afirmou hoje que é “inevitável” a privatização da instituição.

A declaração foi dada durante a divulgação do balanço de 2019 do banco. O BB registrou um lucro líquido contábil de R$ 18,16 bilhões no ano passado, crescimento de 41,2% em relação a 2018.

“É o maior lucro em termos reais e a rentabilidade sobre patrimônio é excepcional, chegando muito próximo dos nossos parceiros privados (…). Quando eu falo em privatização, imagina-se uma revolução. Não é nada disso que se está imaginando. É a gente se ver livre das amarras que o setor público nos impõe. É uma decisão política, está muito acima de nós. Tem que passar pelo Congresso, convencer o presidente da República.”

Comentários

  • tico-tico -

    Essa eu pago pra ver!

  • Augusto -

    Que ideia imbecil! Esse cara é um espertalhão ou um boboca?

  • luiz -

    Tem que privatizar tudo, o maior exemplo foi a CSN.O Estado não tem que ter empresas, Estado não é empresário, é cabide de emprego para privilegiados.

Ler 41 comentários