Promoção comercial vira ‘cabo de guerra’ entre grupos do governo Bolsonaro

A Agência de Promoção Comercial (Apex) está no centro de uma disputa entre grupos do governo de Jair Bolsonaro.

De um lado, a equipe de Paulo Guedes defende que o órgão fique subordinado à Secretaria de Comércio Exterior, que será comandada por Marcos Truyjo.

De outro, o grupo ligado ao chanceler Ernesto Araújo quer que a Apex permaneça no Ministério das Relações Exteriores.

Mais cedo, Eduardo Bolsonaro comprou a briga no Twitter: “Até onde sei a Apex fica no âmbito do MRE.”

Atualmente, a Apex está no MRE, mas surgiu ligada ao Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior. E o MDIC será absorvido pela nova estrutura do Ministério da Economia.

Mais cedo, Araújo anunciou como número dois do MRE um diplomata de perfil negociador, reforçando a ideia de que a nova diplomacia focará no comércio internacional.

Para evitar atritos, alguns assessores sugerem um modelo de ‘cogestão” entre os dois ministérios, considerando que há “um monte de bons negociadores no Itamaraty”. É uma saída.

O que Bolsonaro vai fazer com a economia? É hora de você se informar bem AQUI

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

200

Ler mais 31 comentários
  1. A Apex é um cabide de empregos criado pelo Lula em 2003, para arrumar trabalho no exterior para a petezada que não conseguia ser aprovada no concurso para diplomata…. é melhor fechar isso, viu !

  2. O grande mal aqui é a picuinha entre carreiras no serviço público. Os profissionais do MDIC tem um perfil mais técnico e do MRE diplomático. Ambos se complementam, mas precisam saber trabalhar ju

  3. É melhor a APEX ficar vinculada à Secretaria de Comércio Exterior. Ministério das Relações Exteriores deve cuidar mais da diplomacia. Porém, nada impede que a SCE e MRE atuem em sinergia.

  4. É importante esclarecer que a APEX . é Agência Bras. de Promoção das Exportações e Investimentos .Portanto devem estar alinhadas a zona de influência do Paulo Guedes. Perguntem ao Ptof Falconi

    1. Generais não entendem. Quem entende é o Eduardo Bolsonaro, que fez pós-graduação em Escola Austríaca. Não é atoa, que ele está jogando para o MRE.

  5. Resolvam tudo e anunciem dia 31 dezembro de 2018. O governo começa dia 01 de janeiro de 2019. Sem essa de ficar fazendo anúncios a cada 5 minutos. Avante Capitão. Não dê bola para torcida do cont

  6. Tudo igual como antes. Que Brasil este que continua o mesmo Edu Bolsogrande que quer dividir com os Ratos de Sempre. Pago pra ver, tomara que não ?!?!?!?! Melhor continuar produzindo. Tudo Merda $$$$

  7. será que dali sai uma bufunfa?? o filho do bolsonaro foi eleito vice ?votei nelle no 2o.turno pelo pt nunca mais; mas ele está mais perdido do que cego em tiroteio.o guedes é o pc farias delle.

  8. Ernesto Araújo é coisa do Astrólogo Olavo, dá um chega prá lá nele!!! Deixa a APEX com o Marcos Trujo, profissional muito inteligente e competente na área de comércio exterior!! GUEDES TEM RAZ

    1. Observadora666, fia, vc tá chegando agora! Eu e muita gente já sabia do PT desde a década 80/90. Astrólogo é bom de papo e já se envolveu em episódios policiais. Vc tá chegando agora, fia!

    2. Pode não ser Olavete, assim como nós não somos, mas tenha respeito e gratidão, pois foi esse “astrólogo” que deu início a tudo que estamos vivendo no Brasil! O velhinho sabe das coisas.

    3. GUEDES TEM RAZÃO!!!Marcos Troyjo é economista, professor na Columbia University, profissional muito inteligente e competente na área de comércio exterior!!