Quatro conselheiros da Petrobras renunciam

Quatro conselheiros da Petrobras renunciam
Foto: Adriano Machado/Crusoé

Depois da demissão de Roberto Castello Branco, quatro conselheiros da Petrobras resolveram renunciar.

São eles: Omar Carneiro da Cunha, João Cox, Nivio Zivian e Paulo Cesar de Souza.

Dos conselheiros indicados pela União, só dois militares permaneceram agarrados às suas poltronas, cúmplices do golpe bolsonarista na estatal.

Em nota, Omar Carneiro da Cunha explicou sua escolha de sair da estatal:

“Em virtude dos recentes acontecimentos relacionados às alterações na alta administração da Petrobras, e os posicionamentos externados pelo representante maior do acionista controlador da mesma, não me sinto na posição de aceitar a recondução de meu nome como conselheiro desta renomada empresa, na qual tive o privilégio de servir nos últimos sete meses.”

Leia mais: Assine a Crusoé e apoie a o jornalismo independente.
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO