Que dó dos ministros…

No voto em separado – apresentado ontem à Comissão de Assuntos Econômicos – em defesa do reajuste dos ministros do STF, Valdir Raupp sustenta que a aprovação do projeto de lei no Senado “não causará impacto adicional no orçamento deste ano”. Confiram aqui a íntegra do relatório.

O senador, escalado pelo PMDB para defender o aumento, diz que a remuneração do STF encontra-se defasada e que o reajuste sugerido “ainda não reporá o total da perda remuneratória dos últimos anos”.

Dá até dó dos ilustres ministros.