Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Questionamento da autonomia do Banco Central gera insegurança, diz presidente

Tema será analisado pelo Supremo Tribunal Federal após ação do PT e do PSOL
Questionamento da autonomia do Banco Central gera insegurança, diz presidente
Foto: Adriano Machado/Crusoé

O presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, afirmou estar preocupado com o questionamento da autonomia da instituição, que será analisado pelo STF. 

Em uma palestra nesta sexta-feira (14), ele disse que vem trabalhando para mostrar a importância do projeto, aprovado pelo Congresso em fevereiro.

“Foi um longo processo de conversas com o Congresso sobre os benefícios da autonomia do BC, que foi muito bem recebida. Percebemos que o Congresso estava maduro para aprovar a autonomia. Agora, o questionamento no STF coloca a gente em um período de insegurança.”

O assunto foi parar no Supremo após uma ação do PT e do PSOL, que alegaram que o projeto que originou a norma legal foi apresentado pelo Legislativo, e não pelo Executivo. O procurador-geral da República, Augusto Aras, também considera a lei inconstitucional.

Leia mais: Guedes e seu ideário foram inteiramente soterrados pelos planos de sobrevivência política do presidente da República e da sua própria reeleição
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO