Reajuste do funcionalismo: Lewandoswki libera ação para julgamento

Ricardo Lewandoswki liberou para julgamento no STF a ação em que ele suspendeu, liminarmente, a medida provisória que adiava em um ano o reajuste do funcionalismo federal e aumentava a contribuição previdenciária dos servidores que ganham mais de R$ 5,5 mil, de 11% para 14%, informa o Estadão.

Comentários

  • Ressentimento -

    José Antonio Debon disse: 13 de Fevereiro de 2018 às 08:25 Os reajustes do funcionalismo federal tem que ser sucessivamente cancelados até que estabeleça uma equivalência com os vencimentos semelhantes pagos na iniciativa privada. Cancela então os editais de todos os concursos públicos e indeniza todos os logrados. Só a correção das contribuições dará uma bela grana. Não ter capacidade para concorrer e produzir na iniciativa privada ou no concurso público dá essas ideias tolas na cabeça dos ressentidos. Mas tem uma coisa que eu pagaria pra ver: esse pessoal de QI baixo sofrendo a concorrência das mentes brilhantes, e até preguiçosas, que deveriam inundar o mercado. Só que não. Prevejo uma fuga de cérebros para os Estados Unidos, agora com Trump e a meritocracia de volta.

  • michelzinho -

    Esse "supremo" é mesmo a cara do Brasil........ Patético. O país quebrado, o crime assumindo tudo, sem investimento nenhum em infra, faltando estrada para os caminhoneiros, febre amarela, azul, roxa e o "Ministro" libera pauta para.......reajuste do funcionalismo, incluindo ele próprio. E aí FORÇAS ARMADAS, vcs vão ficar deitados em berço esplêndido até quando?

  • Roberto -

    Vão decidir em causa própria.

Ler 23 comentários