Rebaixamento à vista

A Fitch prepara o terreno para um novo rebaixamento da nota do Brasil:

“A dificuldade fiscal e a crescente dívida do governo têm sido uma fonte de preocupação para nós, refletida no recente rebaixamento do rating do Brasil em um degrau. A perspectiva negativa sugere o risco de pressões adicionais por um rebaixamento por conta do fraco desempenho econômico e fiscal”.

A Fitch não deve se preocupar. Ontem o governo cravou que o déficit deste ano vai ficar em 51,8 bilhões de reais. Ou 70 bilhões de reais. Ou 103 bilhões de reais.

Estamos em boas mãos.