Recrutamento de militares para INSS deve custar R$ 14,5 mi por mês

O recrutamento de 7 mil militares da reserva via decreto para as agências do INSS deve custar ao governo R$ 14,5 milhões por mês.

Os militares serão voluntários e passarão por um processo seletivo. O trabalho nas agências garantirá aos reservistas um acréscimo de 30% na remuneração mensal.

Segundo Rogério Marinho, o governo espera que o custo com a contratação temporária dos militares da reserva seja “compensado com a correção monetária que o governo deixará de pagar”. A correção é feita quando o governo demora para analisar o pedido de acesso ao benefício do INSS.

Comentários

  • José -

    Muita gente correu para entrar com o pedido de aposentadoria acreditando na propaganda da esquerda sobre cancelamento de direitos mesmo sem saber se já poderiam se aposentar. Esse é o problema.

  • Trom -

    Que amadorismo é este Bolsonaro, e diga pro Marinho que não é estoque e sim seres humanos que está atrás de seus direitos!

  • RORAIMEIRA -

    Pra compensar deveram cortar 14.500 pobres beneficiarios de um salario para beneficiar os militares já aposentados com boas remunerações...por serem de outras castas

Ler 92 comentários