ACESSE

Reforma dos militares: comissão rejeita destaque que teria impacto de R$ 130 bi

Telegram

A comissão especial da Câmara que trata da reforma da Previdência dos militares rejeitou hoje um destaque apresentado ao texto original que estenderia o pagamento de uma gratificação a todos os militares que tivessem curso de formação e aprimoramento, e não apenas aos oficiais e praças.

O impacto fiscal dessa proposta — apresentada pelo PSOL — seria de cerca de R$ 130 bilhões em dez anos.

Após a rejeição do destaque, a sessão teve de ser interrompida porque um grupo que acompanhava os debates começou a protestar. Os policiais legislativos foram acionados e retiraram os manifestantes do local.

Ainda há três destaques a serem analisados.

SUPREMO ESCÁRNIO! Mais aqui

Comentários

  • Luiz -

    Como assim a todos os militares e não apenas aos oficiais e praças? Nas forças armadas ou você é oficial ou é praça.

  • Paulo -

    Que vergonha.... Enquanto isso o vice presidente Mourão segue inerte. Volta Lula.

  • Indignado -

    Se foi proposto pelo PSOL e pelo K U Frouxo, o objetivo era atingir o Governo com mais um gasto de 130 bilhões... Esse era o objetivo..

Ler 10 comentários