Reforma só em 2018

Telegram

A reforma previdenciária não será votada em 2017.

Foi o que disseram Ciro Nogueira e Agripino Maia, reunidos ontem à noite com Michel Temer.

Segundo o Valor, os presidentes do PP e do DEM “levantaram a alternativa de se deixar a análise do texto para 2018”.

 

Comentários

  • amaury -

    O povo está sendo convidado a fazer aquele desfile digno do sambódromo pelas reformas e vem os nobres signatários de elite legislativa com aquela conversa fora da curva e nos enfia goela abaixo, essas reforminhas meia boca como se fossem os deuses da generosidade humana, por um preço pornográfico que um país inteiro trabalhando não consegue pagar. O que os políticos têm na cabeça? É produto da infância ainda do tempo que passaram no chiqueirinho? Espera-se que usem a presunção do juízo em suas ações.

  • Reinaldo -

    Mas o preço já foi pago de maneira antecipada? Vejam a votação de ontem na câmara? Vejam a liberação de verbas a prefeitos e governadores? Vão bloquear e devolver os recursos e verbas liberadas, o povo já pagou a reforma! Deixar para 2018 é ter de ceder mais e pagar ainda mais caro. Encheram os bolsos ruralistas e roubaram o FGTS dos trabalhadores para abastecer os cofres da caixa e da campanha do PP, com o nosso dinheiro e não entregaram os votos? Neste caso o melhor é deixar o tema para ser tratado nas eleições.

  • Vicente -

    Irresponsáveis.

Ler 12 comentários