Reforma no serviço público pode gerar economia de R$ 1,7 tri em 20 anos, diz Ipea

Reforma no serviço público pode gerar economia de R$ 1,7 tri em 20 anos, diz Ipea

As medidas de redução de pessoal propostas na reforma administrativa podem gerar uma economia de R$ 1,75 trilhão em 20 anos, segundo o Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea).

Em dez anos, seriam R$ 816 bilhões economizados.

Para chegar ao valor, o Ipea considerou que a reposição de servidores da União, estados e municípios que se aposentarem seria de 50%.

O estudo também leva em consideração outras medidas, como o congelamento dos salários do funcionalismo público até o fim de 2021.

Segundo o Ipea, o cenário é “pouco plausível”, que seria viabilizado somente com um aumento da produtividade no setor público.

“Isto parece mais provável, em especial, se supusermos um contexto de continuidade dos esforços de digitalização e automação de serviços públicos.”

Leia mais: Exclusivo: a máquina de lobby da Odebrecht teria sido usada, com a anuência de Toffoli, para ajudar na aprovação do nome dele para o Supremo
Mais notícias
Comentários
Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 19 comentários
TOPO