Relator da Previdência quer pensão integral para policial morto em combate

Telegram

Arthur Maia, o relator da reforma da Previdência, disse que vai apresentar amanhã uma nova versão da PEC sobre o assunto, que o governo tentará votar depois do Carnaval…

Segundo o deputado do PPS baiano, serão duas mudanças: tirar da proposta qualquer alteração envolvendo trabalhadores rurais e incluir um artigo que garante pensão integral para policial morto em serviço.

Se a mudança for aprovada, incluirá policiais civis, federais, rodoviários federais e legislativos, mas não PMs e bombeiros.

Com a alteração, Maia espera atrair os cerca de 20 votos da “bancada da bala”.

 

Comentários

  • Valéria -

    Eles já recebem aposentadoria integral com paridade,

  • j.souza -

    isto só pode ser piada de mau gosto!!! pra quê??? pro cara se esbaldar na outra vida??? estamos bem, hein!!!!

  • Orson -

    Esse aí adora ficar de quatro para o policial. Vide como rapidamente reduziu a idade mínima deles para 55 anos quando levou uma dedada na ...cara.

Ler 19 comentários