Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Relembre quem já deixou a equipe econômica de Bolsonaro

Paulo Guedes perdeu 11 secretários e três presidentes de estatais indicados por ele para compor o governo. Ministro continua firme e forte no cargo
Relembre quem já deixou a equipe econômica de Bolsonaro
Foto: José Cruz/Agência Brasil

Com a confirmação de que Esteves Colnago comandará a secretaria especial de Tesouro e Orçamento, o número de secretários e presidentes de estatais que deixaram a equipe econômica de Paulo Guedes (foto) sobe para 14.

Somente três integrantes da equipe original permanecem no Ministério da Economia.

Já exonerados:

  • Marcos Cintra, ex-secretário da Receita Federal
  • Marcos Troyjo, ex-secretário especial de Comércio Exterior e Assuntos Internacionais
  • Mansueto Almeida, ex-secretário do Tesouro
  • Salim Mattar, secretário especial de Desestatização
  • Paulo Uebel, ex-secretário de Desburocratização, Gestão e Governo Digital
  • Wagner Lenhart, secretário de Gestão e Desempenho de Pessoal
  • Waldery Rodrigues, ex-secretário especial de Fazenda
  • Rubem Novaes, ex-presidente do Banco do Brasil
  • André Brandão, ex-presidente do Banco do Brasil
  • Joaquim Levy, ex-presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES)
Ainda serão exonerados:

  • Bruno Funchal, secretário de Tesouro e Orçamento
  • Gildenora Dantas, secretária especial adjunta de Tesouro e Orçamento
  • Jeferson Bittencourt,  secretário do Tesouro Nacional
  • Rafael de Araújo, secretário-adjunto do Tesouro Nacional

Mais notícias
TOPO