Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

'Se houver erro na dose, vamos consertar', diz Guedes, sobre IR

No entanto, o ministro da Economia afirmou que a reforma tributária está na direção certa
Se houver erro na dose, vamos consertar, diz Guedes, sobre IR
Foto: Adriano Machado/Crusoé

O ministro da Economia, Paulo Guedes, afirmou ao G1 que o governo está disposto a corrigir eventuais erros nas mudanças no Imposto de Renda para pessoas físicas e jurídicas, um dos pontos da reforma tributária. 

A ideia é que isso ocorra durante a tramitação do texto no Congresso.

Se tiver erro na dose, vamos consertar, não temos compromisso com erros. Mas a reforma está na direção certa, tributar rendimentos de capital e desonerar empresas e assalariados”, disse Guedes.

Especialistas têm alegado que a reforma apresentada pelo governo Bolsonaro aumenta não só a tributação dos rendimentos de capital, mas também de empresas e assalariados. Guedes, no entanto, disse que não existe a intenção de aumentar a carga tributária. 

“Nosso objetivo é a neutralidade, desonerar empresas e assalariados para estimular a economia e tributar rendimentos de capital. O Brasil, por exemplo, não tributa distribuição de dividendos, enquanto o mundo todo tributa. Precisamos corrigir isso, abrindo espaço para diminuir o Imposto de Renda das empresas.”

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO