Secretário da Fazenda diz esperar consenso sobre cessão onerosa

O secretário especial da Fazenda do Ministério da Economia, Waldery Rodrigues, demonstrou otimismo nesta quarta-feira em relação a um acordo no Congresso sobre a divisão dos recursos do megaleilão do pré-sal.

“Entendemos que uma divisão de receitas pode trazer, feita de forma fiscalmente responsável, uma melhoria da posição fiscal de todos os entes. As discussões cabem ao Congresso Nacional. O governo federal colocou sua posição, abdica de uma parte considerável do bônus de assinatura, de algumas dezenas de bilhões de reais, e entendemos que o Congresso chegará a um consenso muito brevemente”, disse Rodrigues ao participar de uma audiência na Câmara.

O secretário disse também:

“A cessão onerosa é o mais importante evento que temos neste trimestre, do ponto de vista fiscal e do ponto de vista energético. O Congresso está consciente da importância do tema, e cada uma das discussões tem sido feita diretamente entre o governo e as duas Casas, que por sua vez conversam com governadores e prefeitos.”

Comentários

  • Carlos -

    O Presal,era uma invenção do Lula, era um sonho megalomaníaco. virou ate meme, hoje ja produz quase metade do nosso petróleo, e as aves de rapina estao se mat ando , por um naco

Ler comentários