ACESSE

Secretário do Tesouro prevê rombo de R$ 600 bi nas contas públicas neste ano

Telegram

Mansueto Almeida, o secretário do Tesouro, disse hoje que as medidas já anunciadas pelo governo para conter os impactos econômicos do novo coronavírus devem resultar num rombo de R$ 600 bilhões nas contas públicas.

Em entrevista ao site jurídico Jota, Mansueto disse que o tamanho do buraco é equivalente a 8% do PIB brasileiro.

O cálculo não inclui o plano de socorro a estados e municípios –apelidado de “Plano Mãesueto”– aprovado pela Câmara nesta segunda (13), que enfrenta a oposição da equipe de Paulo Guedes.

Mansueto defendeu que os Poderes atuem de forma harmônica para combater a crise provocada pelo coronavírus “sem custo excessivo”.

Leia também: O remédio para a pandemia?

Comentários

  • Roberto -

    E os governadores ,o Congresso Nacional , o STF felizes pois quebram o país e colocaram o Governo Federal em sinuca de bico. São realmente CRETINOS

  • Fabio -

    Comparar "Guedes" a Meirelles, Mantega e Paloffi é má fé. Desde "Mário Henrique Simonsen" não tínhamos nomes com conhecimento amplo e estratégico. Malan e Maílson: sérios, mas limitados pela política.

  • Fabio -

    Grande quadro, Mansueto foi mantido por Guedes pelo expertise e conhecimento. Paulo Guedes sabe que o nosso congresso é péssimo e joga no quanto pior melhor pra manutenção dos políticos do horror.

Ler 22 comentários