Sem experimentos voluntaristas

“Não queremos mais experimentos voluntaristas que levam à queda [dos juros], mas depois a gente sabe que volta”, afirmou Ilan Goldfajn, presidente do Banco Central.

A afirmação foi feita esta manhã, em Brasília, durante um evento em que o BC apresentou propostas para derrubar o custo dos empréstimos no Brasil.

Segundo Goldfajn, o objetivo é que o crédito continue crescendo juntamente com a economia, de forma sustentável.

Polidamente, sem citar nomes, Goldfajn disse que “essa iniciativa é diferente do que foi feito no passado”.

Por passado, entenda os governos Lula e Dilma, que usaram os bancos públicos para tentar baixar os juros na marra.

Mais notícias
TOPO