ACESSE

Sem margem para reduzir juros

Telegram

“A inflação de 0,75% em março, divulgada nesta quarta-feira pelo IBGE, é um complicador a mais no quadro de fragilidade econômica que o país atravessa, com desemprego elevado e baixo crescimento”, diz João Borges.

De fato, dificilmente o BC poderá reduzir ainda mais os juros.

A festa na piscina de Joesley Batista com os poderosos. SAIBA TUDO

Comentários

  • Marcus -

    essas reduções de juros não chega ao bolso dos consumidores que continuam a pagar os juros mais altos do mundo. Os dos cartões de crédito e cheques especiais,são tão altos que agiotas são bons

  • Massaaki -

    Se não fosse a demanda baixa e altíssima ociosidade, teríamos estagflação novamente. Temos ainda aquele fenômeno da dominância fiscal? Hiato do produto temos. Estamos empobrecendo e quebrando.

  • Marcos -

    isso é altissimo! tipo bomba ...o povo no planalto deve estar em desespero... acima de 10% ao ano ninguém cresce, vão subir os juros, e no meio da crise.

Ler 16 comentários