Sem petropopulismo

Pedro Parente afirmou que o melhor jeito de provar que a Petrobras está comprometida com seus funcionários é recuperar a empresa da chacina ético-financeira cometida pela ORCRIM.

Medidas populistas, como reajustes salariais acima da capacidade da estatal, estão descartadas.

Para nós, se o governo quiser mesmo acabar com o petropopulismo e o petroassistencialismo, a saída é uma só: privatizem a Petrobras.