Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Sexo com funcionária teria motivado renúncia de Bill Gates

Dono da Microsoft teria se afastado da empresa depois que engenheira revelou caso extraconjugal
Sexo com funcionária teria motivado renúncia de Bill Gates
Reprodução/CNBC Television/YouTube

Bill Gates afastou-se do comando da Microsoft, no ano passado, por causa de um caso extraconjugal com uma funcionária.

Segundo o Wall Street Journal, o conselho da empresa contratou um escritório de advocacia, em 2019, para investigar o relato de uma engenheira, que alegou ter mantido um relacionamento sexual com Bill Gates por alguns anos.

Antes que os investigadores apresentassem seu relatório, o presidente da Microsoft decidiu renunciar ao cargo.

Leia mais: Assine a Crusoé, a publicação que fiscaliza TODOS os poderes da República.
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO