Simone: “Reforma tem que reconhecer a diferença no mercado de trabalho entre homens e mulheres”

Simone Tebet, presidente da CCJ do Senado, ocupou a tribuna para dizer que “o Congresso é a Casa do diálogo” e defender “aprimoramentos” na proposta de reforma da Previdência apresentada pelo governo.

“É preciso lembrar que essa reforma – nós sabemos que tem de ser profunda – jamais poderá ser profana. Ela não pode retirar direitos mais básicos e elementares da sociedade brasileira, especialmente daqueles que ganham até dois salários mínimos. Ela tem que reconhecer a diferença que existe no mercado de trabalho entre homens e mulheres.”

Bolsonaro Tem Até 29/3 Para Salvar a Sua Aposentadoria. SAIBA MAIS

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

200

Ler mais 68 comentários
  1. Existe muito disse não disse. O governo precisa urgentemente de profissionais capacitados em análises estatísticas em bigdata. Estudos explanando comparativamente mulheres x homens +

    1. H x M + nVariaveis fisiologicas . Modelos lineares para descrever padrões. Só assim para embasar argumentos. Achismos, especulações não levam ao cerne das questões propostas.

  2. A Reforma tem que reconhecer as diferenças que existem entre funcionários privados e públicos. Entre homens e mulheres já há diferença de 5 anos na idade de aposentar e por elas viverem 7 anos m

    1. Cala sua boca, servidor público sanguessuga. Servidor público não é diferente do INSS. Espero que um dia acabe a estabilidade no trabalho também. Dai sim o país vai crescer.

  3. A diferença no mercado d trabalho Senadora e q homem é maioria nos lugares insalubres, pesados, perigosos e extressantes, mulheres dominam os leves! Papel d Senador (ora) é olhar por TODOS!

    1. Só por se referir a homens como “macho” da pra concluir que esse José ou é Sapatão se passando por homem ou é um Gayzista imund0

    2. Se José parisse, a cria seria um J… As mulheres de grande parte do mundo civilizado têm filhos e se apresentam com a mesma idade dos homens.

  4. Falta ainda mais uma reforma, tão urgente quanto a da Previdência: REFORMA do ESTADO. Fim da estabilidade funcional, faixa salarial compatível setor público, avaliação funcional de todos servido

  5. Se for pra fazer justiça Senadora, mulheres teriam q aposentar depois dos homens, pois vivem mais! Não pense a Sra. q vai ganhar votos femininos c essa postura, mulheres são mães e esposas também

    1. Marize – me mostre qual empresa que contrata mulher ganhando menos do que homens. Não existe uma. Se isso fosse possível contrataram só mulheres pra baixar custos

    2. Salários também iguais. No mercado de trabalho brasileiro, com poucas exceções, os salários das mulheres é menor que os dos homens, ainda que exercendo a mesma função. Sem privelégios. Apenas

    1. Se não quer mimimi, então trabalhe por sua própria aposentadoria, e não fique nas costas de quem tem que trabalhar 5 anos a mais que você, embora viva menos.

    2. Se homem e mulher aposentar com a mesma idade, as mulheres ainda assim custarão mais, mas tudo bem! Assim a idade minima poderá ser menor, 63 p os 2 ao invés d 65 p homem q é = morrer trabalhando.

    1. Vc sabe q p ser igualdade as mulheres q recebem por mais tempo deveriam aposentar depois dos homens! Idade minima igual é o minimo, ou então oficialize logo essa tal dupla jornada, q seja obrigatór

    1. Então Senadora oficialize a mentira da dupla jornada, que passe então a ser obrigatoria, que as mulheres parem d pedir ajuda dos maridos q hoje dividem os afazeres domésticos, vamos oficializar!

  6. pura demagogia, reclamam de não terem direitos iguais, mas querem privilégios, faço jornada dupla entre trabalho e filhos, sei que estatisticamente viverei menos que minha esposa e ai??? kkkkk

  7. Querem igualdade ou privilégios? A maioria dos homens trabalham em atividades braçais e pesadas. Sua expectativa de vida é menor. 70% dos presos são homens. 80% das mortes violentas são de homens

    1. Se as mulheres forem privilegiada nessa reforma, poderemos deixar d dividir os trabalhos domésticos e exigir q a esposa faca sozinha, pois é isso q a Simone Tebet esta dizendo, será oficial!

    1. A simone tebet acaba d dizer q a dupla jornada feminina será oficial, poderemos cobrar da esposa agora q ela faça tudo sozinha e dizer: foi a Senadora q tornou oficial a desigualdade entre nós!

  8. Minha senhora, quem tem que reconhecer a diferença entre homens e mulheres no mercado de trabalho é o… MERCADO de TRABALHO! Estado tem que tratar TODOS de maneira IGUALITÁRIA! Está na CF88!