Somos um fracasso estrondoso

Repetindo: o Brasil perdeu seis posições no ranking mundial de competitividade do fórum econômico mundial.

Ocupamos agora a 81a posição, entre 138 países.

Somos um fracasso estrondoso em educação, tecnologia, infra-estrutura, regulação, carga tributária, honestidade e segurança jurídica.