Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Suspeita de insider trading com papéis da Petrobras

Suspeita de insider trading com papéis da Petrobras
Foto: Divulgação/Petrobras

“Alguém ganhou muito dinheiro com opções de venda de ações da Petrobras, em operações atípicas, que sugerem o uso de informação privilegiada (ou insider trading)”, diz Malu Gaspar.

“O lucro pode ter chegado a R$ 18 milhões”.

A demissão de Roberto Castello Branco foi decidida em 18 de fevereiro, durante uma reunião entre Jair Bolsonaro, Bento Albuquerque, Paulo Guedes, Tarcísio Freitas, Luiz Eduardo Ramos, Walter Braga Netto e Augusto Heleno.

“Vinte minutos depois que a reunião acabou, às 17h35m, houve uma primeira aquisição de 2,6 milhões de PETRN265. Em mais nove minutos, às 17h44m, foi feita mais uma compra, desta vez de 1,4 milhão de títulos.”

A repórter descobriu que as duas compras foram feitas usando a plataforma de uma mesma corretora, a Tullett Prebon.

Leia mais: Assine a Crusoé, a publicação que fiscaliza TODOS os poderes da República.
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO