ACESSE

Suspensão da importação de carne pela China pode ser retaliação a Ernesto

Telegram

A sanção chinesa a três frigoríficos brasileiros por medo da contaminação pela Covid-19 pode ser, na verdade, uma retaliação ao chanceler Ernesto Araújo, informa André Spigariol na Crusoé.

A avaliação é do deputado Fausto Pinato, do PP, presidente das Frentes Parlamentares Brasil-China e Brasil-BRICS. Nos bastidores, o Itamaraty tem defendido uma posição de veto à Huawei no 5G, cruzando o que o agronegócio considera uma “linha vermelha”.

“É difícil confirmar que se trata de uma retaliação ao Itamaraty, mas isso não é impossível”, disse o parlamentar em entrevista à Crusoé. “Diante da postura de membros do governo e de familiares do presidente, essa hipótese não pode ser descartada”, analisa o deputado de um dos partidos do Centrão. 

Leia mais aqui.

Leia mais: A estratégia de Bolsonaro para chegar ao fim do mandato

Comentários

  • Luciano -

    Esse já era, foi fritado pelo Centrão e plo chineses

  • ADEMAR -

    Quanta imbecilidade. Pensar que eu pago pra ler essas asneiras.

  • ERALDO -

    Se fosse simples assim, certamente outros mercados já estariam abertos. Vamos com cautela. Precisamos zelar pelo agronegócio. É lá que a economia está tendo a melhor sustentação.

Ler 86 comentários