Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Taxa extra na conta de luz não será suficiente para bancar térmicas, diz MME

A secretária executiva do Ministério de Minas e Energia, Marizete Pereira, descartou no entanto a possibilidade de um novo reajuste tarifário
Taxa extra na conta de luz não será suficiente para bancar térmicas, diz MME
Foto: Marcos Santos/USP Imagens

A secretária executiva do Ministério de Minas e Energia, Marizete Pereira, disse nesta quarta-feira (13) que a bandeira tarifária de escassez hídrica, que entrou em vigor em setembro, não será suficiente para cobrir a elevação de custos dos combustíveis usados pelas usinas térmicas do país.

“A bandeira de escassez hídrica não será suficiente para a cobertura de todos os recursos que utilizamos para a segurança energética. Os preços dos combustíveis estão subindo muito”, disse ela em entrevista virtual depois do Encontro Nacional do Setor Elétrico.

Marizete descartou a possibilidade de um novo aumento na tarifa, mas afirmou que o governo estuda uma alternativa. No último reajuste, a taxa passou de R$ 9,49 para R$ 14,20 por cada 100 kWh (quilowatts-hora) consumidos.

Segundo a secretária, as projeções de gastos com térmicas até o fim do ano foram frustradas pela elevação das cotações do gás natural e do óleo diesel, combustíveis usados para poupar água nos reservatórios das hidrelétricas, diante da crise.

Mais notícias
TOPO