TCU adia nova regra de leilões e permite venda do pré-sal este ano

O TCU criou uma regra de transição para retirar o obstáculo que havia criado para a realização de leilões do governo federal até o fim do ano – a expectativa é arrecadar R$ 100 bilhões com a licitação do petróleo excedente das áreas de pré-sal.

O Estadão informa que o tribunal decidiu adiar para 2019 a nova sistemática de acompanhamento de desestatizações, que pede envio de informações do governo para análise do TCU até 150 dias antes da publicação do edital.

Com a decisão, o secretário-executivo do Ministério de Minas e Energia (MME), Márcio Félix, diz que o leilão ocorrerá em 29 de novembro.

Comentários

  • ALO -

    TEM QUE VENDER ANTES DO MITO VIRAR PRESIDENTE, SENÃO NÃO VAI TER A COMISSÃO DA ORCRIM. ISTO É OBVIO. A PF IRA ACOMPANHAR ESTE CASO DE PERTO?

  • Nando -

    ENTREVISTA: . . Nando Moura x Príncipe Luiz Philippe . . https://www.youtube.com/watch?v=xocCDudeazg

  • Alves -

    Eh, pressa para fazer isso tudo antes do fim do ano, quando o Governo muda, e o TCU claramente abrindo as pernas, pois regra de transição para venda de patrimônio ou vale ou não vale, não há meia gravidez nessas coisas. É muito desespero do Governo atual e da turma que todos nós sabemos ser corrupta

Ler 6 comentários