TCU multa Gabrielli e Cerveró em R$ 250 milhões por Pasadena

O Tribunal de Contas da União condenou o ex-presidente da Petrobrás José Sérgio Gabrielli e o ex-diretor internacional da companhia Nestor Cerveró a ressarcir o erário.

O TCU cobra deles US$ 79 milhões (cerca de R$ 250 milhões) pelos prejuízos na compra da refinaria de Pasadena, um dos piores negócios do mundo.

A corte impôs ainda, a cada um, multa de R$ 10 milhões. O tribunal também solicitou que os dois tenham os bens arrestados e determinou que sejam inabilitados para o exercício de cargos em comissão e funções de confiança por oito anos.

Cabe recurso.

18 comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.

1200

  1. Claro que cabe!!! Vc pensavam que o TCU, cemitério de políticos, iria condenar alguém do Ramo?? Tá tudo armado, eles condenam e outros o livram!! Este é o Brasil das bananas, um país que não é serio para a quadrilha do Congresso, Executivo e Judiciário!! afinal além de estarem funcionando, as organizações mandam no País!! Fazem o que querem! Justiça só a deles!!

    1. Caro Aurélio, lamentavelmente não vai desmoronar nada. Pra essa turma, sempre cabe recurso, o que no Brasil só é negado pra ladrão de galinha ou pobre que de deve à Receita. Esses petralhas já fizeram seu “pé de meia”. Eles têm recursos….

  2. É nada, se comparado ao montante da operação (fraudulenta).
    A ausência de punição para Dilma faz parecer que ela foi vítima, até. Ô, coitada!
    Além de Presidente do Conselho da Petrobras, Dilma foi nomeada Ministra de
    Minas e Energia, quando Lula assumiu a Presidência.
    Mesmo sem qualificação, a pasta certamente deve (ou deveria) ter lhe proporcionado
    grande experiência no setor. Apesar desse pressuposto, ratificou Passadena.
    Enfim, cá entre nós, oito anos de inabilitação para cargo em comissão e funções de confiança
    é como férias para quem participou de um rombo astronômico como Passadena.
    Gabrielli está preso?
    Ah, tá!

  3. E a D. Dilma não será responsabilizada por nada?
    Afinal ela era Presidente do Conselho de Adm da Petrobrás, e responsável também pela compra da Ruivinha.
    Que absurdo!

    OBS: Que coisa é esta que aparece??? Você está teclando rápido demais!