TCU REJEITA POR UNANIMIDADE CONTAS DE DILMA

Todos os sete ministros do TCU acompanharam o relator José Múcio e rejeitaram as contas da ex-presidente no exercício de 2015.

É a segunda vez seguida que o TCU desaprova as contas de Dilma. A primeira foi em 2014.

Múcio apontou 12 irregularidades cometidas, entre elas pedaladas fiscais, a omissão de passivos junto ao Banco do Brasil, Caixa, BNDES e FGTS, atrasos nos repasses para o Banco do Brasil e o BNDES assim como o contingenciamento de despesas não obrigatórias inferior para o cumprimento da meta fiscal.

Durante as discussões, duas irregularidades foram retiradas.

Prevaleceu o bom senso!

Faça o primeiro comentário