Temer tem um plano (3)

Além da PEC do gasto público e da reforma das aposentadorias, Michel Temer pretende fazer uma reforma trabalhista.

Segundo o Valor, “a flexibilização do mercado de trabalho vai se chamar ‘Programa de Garantia e Geração de Empregos’. O governo quer abrir espaço para que os acordos trabalhistas possam ter precedência sobre a legislação, desde que não comprometam direitos já estabelecidos como férias e 13º salário”.

Eliseu Padilha promete também uma reforma tributária, mudando o ICMS e o PIS/Cofins, e uma reforma eleitoral, que reduza o número de partidos dos atuais 35 para apenas 8 ou 10.

Esse é o plano de Michel Temer. Se ele cumprir um décimo do que está prometendo, o Brasil já tem alguma chance de se salvar.