Com resultado do início de setembro, IBGE vê tendência de melhora nos índices de emprego

A taxa de desemprego no Brasil ficou em 13,7% na semana de 30 de agosto a 5 de setembro. Houve uma queda em relação à semana anterior, quando o índice foi de 14,3%.

Na primeira semana de maio, quando o IBGE começou esse monitoramento semanal em meio à pandemia da Covid-19, a taxa era de 10,5%.

Segundo o IBGE, apesar da taxa elevada de desemprego, há uma tendência de aumento na população ocupada, puxada principalmente pelos trabalhadores informais, que foram os mais atingidos no início da pandemia.

De maio até a primeira semana de setembro, a população brasileira ocupada e não afastada do trabalho aumentou em 13 milhões de pessoas.

Leia mais: OS ENCONTROS SECRETOS DE BOLSONARO COM O 'ANJO'
Mais notícias
Comentários
Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 4 comentários
TOPO