Tombini é lamentável e inacreditável

Gustavo Loyola disse à Folha de S. Paulo que as reviravoltas do presidente do Banco Central, Alexandre Tombini, foram “lamentáveis e inacreditáveis”.

Foram lamentáveis porque, para atender aos cálculos eleitorais do PT, ele se dobrou vergonhosamente a Dilma Rousseff.

Foram inacreditáveis porque, até o dia anterior, seu discurso era o oposto.