Três anos para alcançar a borda do buraco

“Superávit primário, se Deus quiser, em 2019, mas pequeno.” A estimativa é de Mansueto Almeida, secretário de Acompanhamento Econômico do Ministério da Fazenda, que participou de evento em Brasília.

Faça o primeiro comentário