Troyjo não acredita que trégua entre China e Estados Unidos vá prejudicar o Brasil

Marcos Troyjo, futuro secretário do Comércio Exterior e Assuntos Internacionais, não acredita que a trégua comercial entre China e Estados Unidos vá prejudicar o Brasil — muita gente acha que, com o aumento da importação de grãos americanos pela China, os produtores de soja brasileiros serão prejudicados.

“É melhor construir o teto da casa sob sol do que sob chuva”, diz Troyjo.

O inimigo número 1 de Sergio Moro. Leia AQUI

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

200

  1. Então a ajuda (proteção, o que for) não pode ser para sempre. Mesmo sendo verdade que o “custo Brasil” é alto. Ora, as reformas estão aí… E vão cair inflação, juros, tributos. E Estado e

Ler mais 18 comentários
  1. Então a ajuda (proteção, o que for) não pode ser para sempre. Mesmo sendo verdade que o “custo Brasil” é alto. Ora, as reformas estão aí… E vão cair inflação, juros, tributos. E Estado e

  2. É a estória do filho mimado que não fez a lição de casa e está com medo de enfrentar o mundo. Daí o pai sábio diz: “ok, vou te dar um tempo, mas daqui a x anos, rua! Vai se virar!”.

  3. Olha só, a verdade é que tem de competir. Para isso, tem de se abrir. E chega de ficar fechado, esperando os outros fazerem suas partes (reformas, ajustes, sei lá o que). O que der, abra Já!!

  4. O que não pode é a cultura do protecionismo eterno, de uma indústria que não quer crescer sem ajuda estatal (papaizinho, me proteja da concorrência externa, pois não consigo competir).

  5. A proposta de diversos tipos de abertura acho coerente. O que for possível abrir unilateralmente, que se abra. O que depender de reformas, ok. E também o que depende de negociação bilateral.

  6. Se formos esperar nos tornar mais competitivos, nunca iremos abrir nada. Essa falação eu ouço desde que era estudante primário. Creio que é apenas falação. Depois veio a era Collor, lembro do C

  7. Concordo! E chega de mi-mi-mi! Sempre haverá alguma desculpa. Dólar, juros americanos, hardlanding chinês, etc. Que tal abrir a economia? E negociar com todos? Ah, não pode! Vamos quebrar!Desculpa

  8. elogiaram demais o trump…ele jah está começando a paz com a China e está jah prometeu aumentar a compra de produtos agrícolas no que o Brasil eh forte….adivinha de quem vai cancelar compras…

  9. O STF, já foi derrotado, não cumpre com sua função, apenas funciona como guardiões de um grande depósito de processo de corruptos de alto escalão. Caso continue prevaricando, vai ser interditad

  10. EUA e China sempre tiveram comercio comum e ao mesmo tempo BR e CH. O que supostamente melhorou o comercio para o Brasil foi a briga entre EUA e CH. Briga resolvida, comercial BR CH volta ao normal.

    1. O-Malvado, informe-se sobre a oportunidade que o Brasil teve nos anos 70, quando por motivos ideológicos virou as costas para o EUA. Aproveite e veja como era a China.