TST declara ilegal a greve dos petroleiros

O ministro do Tribunal Superior do Trabalho Ives Gandra Martins Filho declarou que a greve dos petroleiros, que completou nesta segunda-feira 17 dias, é ilegal e abusiva, registra O Globo.

Em sua decisão, Gandra Martins escreveu que a paralisação “tem motivação política e desrespeita ostensivamente a lei de greve e as ordens judiciais de atendimento às necessidades inadiáveis da população em seus percentuais mínimos de manutenção de trabalhadores em atividade”.

O ministro também autoriza a Petrobras a tomar “as medidas administrativas cabíveis para cumprimento da presente determinação, a partir do reconhecimento da abusividade da greve e da ilegalidade praticada por aqueles que nela permanecerem”.

COMO ELE VIROU O VICE QUE BOLSONARO QUER. Saiba mais

Em nota, a estatal informou que já notificou as entidades sindicais e aguarda o retorno imediato dos grevistas ao trabalho.

 

Comentários

  • Eduardo -

    Qual greve? Essa de meia dúzia de baderneiros?

  • Jose -

    Por no olho da rua por justa causa , bandidos

  • Ulysses -

    Greve politica tem que ser contida para o bem do Brasil

Ler 35 comentários