ACESSE

Um ano perdido

Telegram

Michel Temer enganou o Brasil.

Ele conseguiu se manter no poder prometendo uma reforma previdenciária.

Desde o ano passado, porém, já se sabia que a meta teria de ser revista.

Leia o que O Antagonista publicou em 1 de novembro de 2016:

Michel Temer não tem cacife para fazer uma reforma previdenciária de verdade.

Eliseu Padilha reconheceu isso e anunciou ao Valor uma reforma meia-bomba, que pode melhorar as contas por alguns anos:

“A despesa vai subir moderadamente nos primeiros oito anos, dez anos, e depois começa a subir de novo, porque a expectativa de vida aumenta e menos pessoas chegam ao mercado de trabalho”.

Uma reforma meia-bomba é muito melhor do que nenhuma reforma.

As reais intenções de Dilma e Cuba com o programa Mais Médicos. SAIBA MAIS AQUI

Comentários

  • aparecido -

    O Temer não tem culpa... Manda a conta para o janotão, para o fachinoroso e para a bruxinha do STF, os promotores do golpe de estado que não deu certo, mas atrasou todas as reformas...

  • Realista -

    Discordo! Temer pode não ser o presidente dos nossos sonhos, porém que melou as reformas que o Brasil precisa, inclusive a da previdência, foi o pavão Janot.

  • Caio -

    Eu tô tentando entender a lógica desses jornalistas. Primeiro eles dizem que tem que ter a reforma e que o país precisa acordar e rever esse lado estatista de alma varguista, derrubar a louca da Dilma e tirar o país do abismo que os petistas lançaram. E eu concordei com tudo! Não perdia uma reunião de pauta do Antagonista apoiando o Impeachment. Agora estão pegando posts do passado para me lembrar que o governo Temer é um fracasso. Olha. Eu acho que detesto o presidente, mas pode me colocar aí nos 3%! Orra! O cara tá tirando o país da lama, mas tá errado, todos são ladrões a Justiça tem que ir lá e com constituição ou sem constituição prender os bandidos. Todo mundo é ladrão! Só "fica" o Bolsonaro - o "integro", "honesto", "fodão" Pesquisador Datafolha! Vem cá!! Eu faço parte dos 3%

Ler 112 comentários