Um conselho inútil

A volta do Conselhão de Dilma Rousseff não vai gerar nada além de fotos e discursos vazios da presidente e de seus ministros. Politicamente fraco e ideologicamente equivocado, o governo não tem condições tomar nenhuma medida séria que venha do encontro. “O Conselhão terá efeitos mais midiáticos do que práticos”, resume o cientista político Antônio Lavareda.

Faça o primeiro comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.

1200