Um militar como CEO da Eletrobras

Um militar como CEO da Eletrobras
Foto: Analogicus/Pixabay

Com a saída de Wilson Ferreira Júnior da Eletrobras, o governo avalia a nomeação do engenheiro mecânico Ruy Flaks Schneider, oficial da reserva da Marinha, informa o Valor.

Atual presidente do conselho de administração da estatal, ele tem o apoio do ministro de Minas e Energia, o almirante Bento Albuquerque, que o conhece há décadas.

Schneider já foi executivo da Xerox no Brasil, do Banco de Montreal, Light, Sonae Sierra, Brasil Telecom Rossi Residencial. A dúvida é sobre sua disposição para privatizar a Eletrobras, sonho de Paulo Guedes cada vez mais distante.

Leia mais: Enquanto Brasília faz tudo errado, a Crusoé continuará fazendo o certo: fiscalizando o poder.
Mais notícias
TOPO