Um número assustador

O International Spectator divulgou a conta: no final deste ano, a economia brasileira será 10% menor do que em meados de 2014.

É assustador.

16 comentários

  1. A MAIOR LOROTA DOS 13 ANOS PETISTAS É A TAXA DE DESEMPREGO DO PAIS , NEM EM MONACO , ADU DHABI , DINARAMARCA , COREIA DO SUL , INGLATERRA é tao baixo o índice como no Brasil divulgado pelo IBGE ??? 50 MILHOES DE BRASILEIROS RECEBEM O BOLSA FAMILIA E NAO TRABALHAM , A CRIMINALIDADE AUMENTOU 1000% NA ERA PETISTA , A SITUAÇÃO ECONOMICA REAL DO PAIS É MUUUUITO PIOR QUE A DIVULGADA PELA MIDIA E ALGUEM QUE TENHA MINIMO DE INTELIGENCIA ACREDITA EM DESEMPREGO DE 10% NO BRASIL ?????

  2. Um dos maiores mitos criados pela máquina da propaganda lulopetista (leia-se IBGE) é essa falsa estatística de desemprego, “fabricada” a partir de 2003. A taxa de desemprego real, se fosse calculada por critérios honestos, atinge, fácil, os 30%.

  3. Essa estatística há muito que é maquiada. O desemprego é muito maior. Existe alguém que faça o cálculo como era feito antigamente?

  4. Sem falar/considerar uma enorme multidão que foi bancada por programas como: Auxílio Desemprego e Auxílio Doença no período anterior as eleições. Sinalizaram para uma parcela que nem trabalhar era preciso. O governo do PT bancava os vagabundos e a farra acabou junto com a grana…

  5. “quem está “procurando” emprego”. Ficou no particípio: “procurado”. Sei que é muita informação para trabalhar e publicar.

  6. Uai, mas não foi o governo petista q batia no peito alardeando a criação de 10 milhões de EMPREGOS. A incompetência é tamanha q conseguiram produzir 10 milhões de DESEMPREGADOS.E aumentaram para 55 milhões o número de famílias dependentes do bolsa esmola. Oh povinho ruim de serviço. Ops, eta partidinho larapio.

  7. Os petistas têm a resposta na ponta da língua: na Europa está igual. Esse pessoal tem a incrível capacidade de se contentar com o pior. Sempre se igualando por baixo.

Comentários temporariamente fechados.
Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.