Um passinho para trás

Luciano Coutinho decidiu ressuscitar aquelas velhas regras de conteúdo local que conseguiram travar todos os projetos da Petrobras e, ao mesmo tempo, quebraram os fornecedores da estatal.

Esta política fabulosa será direcionada a sete segmentos de petróleo com mais chances de se tornarem campeões globais.

São três os considerados com “alto potencial de retorno”: serviços submarinos, equipamentos submarinos e módulos de plataformas.

Basta olhar de soslaio para reconhecer que essas são realmente as principais vocações nacionais…

Brasil, Pátria Submarina.

Faça o primeiro comentário