Uma década para consertar o estrago

O estrago provocado por Dilma Rousseff foi tão grande que precisaremos de uma década para consertá-lo.

Foi o que disseram – corretamente – as duas comentaristas de economia do G1, Thais Herédia e Beth Cataldo:

“Este novo capítulo da história brasileira será longo e muito complexo, mas ele já é, sobretudo, muito triste. Qualquer análise feita a partir da decisão da Standard & Poor’s não será capaz de dimensionar os efeitos que esse recuo vai causar no desenvolvimento do Brasil na próxima década”.

E:

“Para os brasileiros, é o resultado doloroso de um processo de deterioração econômica que ainda não tem data para acabar”.

Faça o primeiro comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.

1200