Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

'Vamos renovar o auxílio por dois ou três meses', diz Guedes

O ministro da Economia disse que o pagamento do benefício deve acompanhar o avanço da vacinação
Vamos renovar o auxílio por dois ou três meses, diz Guedes
Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

O ministro da Economia, Paulo Guedes, afirmou nesta terça-feira (8) que o governo pretende renovar o auxílio emergencial por dois ou três meses, como antecipado por O Antagonista.

Em um evento virtual da Frente Parlamentar do Setor de Serviços, Guedes disse que o pagamento do benefício vai acompanhar o avanço da vacinação e será sucedido por uma nova versão do Bolsa Família.

“Possivelmente, nós vamos estender agora o auxílio mais dois ou três meses, porque a pandemia está aí. Os governadores estão dizendo que em dois ou três meses a população adulta vai estar toda vacinada, então nós vamos renovar por dois ou três meses o auxílio. E logo depois entra o Bolsa Família, já reforçado.”

No formato elaborado pela pasta, os dois meses adicionais do auxílio devem ter custo total de R$ 18 bilhões. Desse valor, R$ 7 bilhões serão provenientes de sobras da atual rodada de pagamento do benefício.

Leia mais: Assine a Crusoé e apoie a o jornalismo independente.
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO